Programa Decolar debate financiamento coletivo para empreendedores

Programa Decolar debate financiamento coletivo para empreendedores

10/11/2017

Como financiar projetos empreendedores através de crowdfunding foi o tema da palestra do programa de capacitação em negócios Decolar realizada ontem, 9 de novembro, pela Incubadora de Empresas da Coppe/UFRJ. O evento foi ministrado por Larissa Novais, gerente de projetos especiais da Benfeitoria, uma das principais plataformas brasileiras de financiamento coletivo. Na ocasião, Larissa desmistificou a ideia de que o crowdfunding não é para empreendedores. Segundo ela, o impacto social dos empreendimentos e a forma de comunicar o projeto são alguns dos principais fatores de engajamento.

A Benfeitoria, que foi criada em 2011, já viabilizou mais de 120 projetos do tipo, entre eles o da startup Green Ant, aprovada no último processo seletivo da Incubadora, e possui diversos modelos de financiamento. Larissa apresentou e explicou as particularidades de cada um deles. O financiamento pontual tem uma meta que deve ser atingida em um prazo pré-estipulado, caso contrário, dinheiro volta para as pessoas que contribuíram. No modelo flexível, não é preciso atingir a meta para receber o dinheiro. Já o recorrente funciona como um sistema de assinatura mensal. Existe também o matchfunding, modelo em que para cada real investido no projeto, um patrocinador investe mais um.

Em troca do financiamento, as pessoas que contribuem com os projetos recebem recompensas de acordo com o valor da contribuição (no caso do modelo recorrente são celebrações), que podem ser tanto brindes, descontos na compra do produto ou serviço viabilizado, o próprio produto ou até mesmo palestras dos realizadores do projeto. Além de eliminar o risco financeiro, as vantagens do financiamento coletivo são a validação do projeto, a geração de engajamento da rede de relacionamento dos realizadores e a divulgação do empreendimento.