Incubadora é credenciada pelo Ministério da Ciência (MCTIC) para receber recursos da Lei de Informática

Incubadora é credenciada pelo Ministério da Ciência (MCTIC) para receber recursos da Lei de Informática

31/01/2018

A Incubadora de Empresas da COPPE/UFRJ acaba de ser credenciada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) para atuar como instituição facilitadora da Lei da Informática, que fornece incentivos fiscais às indústrias que produzem produtos de informática, automação e telecomunicações, além de realizar atividades de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D).

A lei prevê incentivos fiscais às indústrias que realizam atividades de P&D com empresas residentes em incubadoras credenciadas. A Incubadora de Empresas da COPPE/UFRJ possibilitará, por exemplo, que uma empresa que necessite investir em P&D para cumprir a sua obrigação legal possa fazê-lo por meio de projetos junto às empresas incubadas e realizar o pagamento com o recurso determinado pela Lei de Informática.

Para Regina Faria, coordenadora da Incubadora de Empresas da COPPE/UFRJ, a medida vai trazer ainda mais oportunidades de interação entre as residentes e as grandes empresas. “Esse credenciamento na Lei de Informática do MCTIC é uma excelente oportunidade para incrementar a aproximação do mercado de informática com as startups da Incubadora para o desenvolvimento de produtos inovadores”, afirma Regina.