Incubadora aumenta faturamento

Incubadora aumenta faturamento

18/04/2013

As empresas da Incubadora da COPPE/UFRJ, residentes e graduadas, faturaram R$ 222 milhões durante o ano de 2012, o que representa um aumento de 22% em relação ao faturamento de 2011. A Incubadora é uma iniciativa da COPPE/UFRJ, que este ano completa 50 anos de atividades, e é também o braço das startups do Parque Tecnológico do Rio/UFRJ, que faz 10 anos em 2013.

” As empresas da incubadora cresceram a taxas chinesas em 2012. E para 2013, os resultados devem seguir a mesma tendência, já que muitas das empresas residentes estão iniciando sua aceleração comercial e com o  prédio 3 da Incubadora pronto, mais empresas serão atendidas”, destaca Lucimar Dantas, gerente de operações da Incubadora.

Lucimar destaca, ainda, o número de postos de trabalhos gerados altamente qualificados.  São 1.148, sendo 218 para mestres e doutores. Estes postos estão alocados nas 19 empresas residentes e 48 graduadas da Incubadora da Coppe/UFRJ.

No segundo semestre, chegarão mais cinco novas empresas dos setores de petróleo, gás e energia à Incubadora, já para se instalarem no prédio 3. A construção do prédio está sendo realizada com recursos doados pelo empreendedor Eike Batista, do Grupo EBX, e por meio do fundo setorial CT-Petro, gerido pela FINEP.

No próximo ano a Incubadora vai completar 20 anos e ela coleciona inúmeros casos de sucesso.  Como a Elogroup, empresa graduada, que teve aumento de seu faturamento de quase 52% em relação ao ano de 2011. O quadro funcional passou de 143 pessoas para quase 200. Ficamos muito felizes com este resultado, em especial porque nossa meta para 2012 não era a de ter um crescimento muito expressivo, mas a de “arrumar a casa” para suportar um novo ciclo de crescimento como o que apresentamos nos cinco primeiros anos de empresa em que crescemos entre 85 e 120% ao ano”, avalia Rafael Clemente, da Elogroup.

No ano passado, a Elogroup também consolidou suas operações de desenvolvimento e investimento em startups, já com diversas empresas em seu portfolio gerando receita e obtendo grande visibilidade no mercado, como é o caso de empresas como Intelie, Gomus e Vandal. “Para 2013 alguns novos negócios serão lançados e  certamente terão grande impacto nos mercados em que atuarão”, complementa Rafael.

 

Sobre a Incubadora de Empresas da COPPE/UFRJ

Instalada na Ilha da Cidade Universitária, foi criada em 1994 para incentivar o empreendedorismo e a transferência de conhecimentos gerados em pesquisas acadêmicas para novos serviços e produtos tecnológicos. A atuação da Incubadora da COPPE está focada principalmente nas áreas de Petróleo e Gás, Energia, Meio Ambiente e Tecnologia da Informação. Esses setores são fortemente estimulados pelos laboratórios localizados no campus da UFRJ, além da proximidade com o Cenpes, o centro de pesquisas da Petrobras e das empresas instaladas no Parque Tecnológico da UFRJ.  A Incubadora tem capacidade para receber até 21 empresas em uma excelente infraestrutura empresarial com salas de reunião, escritórios, auditório e refeitório. Com a construção do seu terceiro prédio, iniciada em julho de 2012, a Incubadora terá capacidade para abrigar até 30 empresas simultaneamente.