A maioridade da Incubadora

A maioridade da Incubadora

17/10/2012

A Incubadora completou a sua maioridade com resultados expressivos. Ao longo desses dezoito anos de existência foram criados 63 novos negócios, principalmente por mestres e doutores da COPPE/UFRJ, sendo  várias empresas  spin offs de laboratórios da instituição, fruto do trabalho pioneiro de prospecção tecnológica. Hoje essas empresas podem sair da Incubadora e se instalar no Parque Tecnológico, que teve a sua origem também entre nós. É uma inversão em relação à experiência internacional, onde os Parques criam as Incubadoras. Aqui o filho nasceu antes do pai.

A inserção da Incubadora, através do núcleo de pequenas e médias empresas do Parque, em um sistema de inovação muito maior e mais dinâmico, certamente a médio prazo trará impactos positivos no desenvolvimento das startups residentes e graduadas, formando um ambiente capaz de gerar negócios e parcerias profícuas e, dando uma vantagem competitiva para as empresas.

No momento estamos iniciando as obras para de construção de uma nova unidade da Incubadora, capaz de abrigar 9 novos negócios com características fabris, o que dará a oportunidade de selecionarmos uma nova gama de negócios, que até hoje as atuais instalações tinha dificuldades em abrigar. Com o novo prédio vamos ser capazes de abrigar 30 empresas simultaneamente, passando a integrar o grupo das maiores Incubadoras do Brasil.

Nos dois últimos anos fizemos uma grande revisão em nossos processos internos, nos preparando para a implantação do CERNE e aprimoramos nossos sistemas de comunicação utilizando as redes sociais.

Temos hoje empresas investidas por fundos e por anjos e 14 participando de programas de internacionalização que começam a dar resultados.

Toda a equipe, da Incubadora e do Parque, tem a certeza que a Incubadora faz um bom trabalho e que dentro do cenário das Incubadoras do Brasil nos destacamos como um projeto maduro, que sempre procura inovar e, que já alcançou resultados expressivos ao longo dos 18 anos de funcionamento.

 

Regina Faria é gerente da Incubadora de Empresas da COPPE/UFRJ